Loading....

Sobre Nós

A Congregação das Religiosas do Amor de Deus

A Residência Amor de Deus, residência sénior, situada em Fátima, é propriedade da Congregação das Religiosas do Amor de Deus. Esta foi fundada em Toro (Espanha) em 1864, pelo sacerdote madrileno D. Jerónimo Mariano Usera y Alarcón.

O seu Fundador

Jerónimo Usera nascera a 15 de setembro de 1810. Personalidade rica, dinâmica, culta, audaz, cheia do amor de Deus que o tornou extraordinariamente atento às necessidades das pessoas e dos grupos mais carenciados, procurando dar uma resposta adequada a cada situação concreta. Com apenas 13 anos de idade, afirma com convicção: “Sinto que Deus me chama a fazer o bem na terra”. E assim foi ao longo da sua vida. No dia 18 de maio de 1891, um dos jornais de Havana (Cuba), ao noticiar a sua morte, reiterava: “Nunca chamou às suas portas uma necessidade que não fosse imediatamente socorrida”.

O seu Carisma e Missão

A Congregação fundada pelo P. Usera tem como finalidade principal a educação integral da infância e juventude, com um estilo próprio onde o amor é a origem, o fim e o meio. No processo educativo sempre está presente a proposta de adesão pessoal à Verdade, com a consequente experiência positiva que conduz à realização do Bem. O Carisma da Congregação consiste em encarnar o amor de Deus na vida e manifestá-lo assim aos outros no dia-a-dia. Este Carisma dá forma a todas as formas de concretização da missão congregacional, que se realiza a partir da valorização do mundo e da pessoa como obra do amor de Deus: O homem leva Deus no fundo do seu coração. (P. U.) A Congregação, indo para além da sua finalidade mais específica, como o seu Fundador está atenta às diferentes situações da sociedade e acolhe a necessidade de evangelho, cultura e humanização como um apelo permanente, procurando dar uma resposta sempre que julgar que aí pode realizar o seu Carisma fundacional e dispor dos meios necessários para prestar ao ser humano um serviço condigno.

A Residência

O seu conceito

A Residência Amor de Deus é um dos frutos do projeto das Religiosas do Amor de Deus de humanizar a vida, em todas as idades e dimensões, na esteira de Jerónimo Usera que viveu intensamente a beleza de fazer o bem.

As Religiosas do Amor de Deus chegaram a Portugal no ano 1932. Cedo as suas fileiras engrossaram com jovens portuguesas que se sentiam chamadas a seguir Jesus em comunidade, entregando as suas vidas ao serviço do Reino de Deus. Hoje a Residência Amor de Deus acolhe a irmãs que, pela idade e doença, necessitam de cuidados específicos nesta nova etapa de suas vidas.

Ao mesmo tempo, considerando a atual situação social que dificulta às famílias o acompanhamento dos seus idosos, a Congregação obteve para a Residência o licenciamento para funcionar como Estrutura Residencial para Idosos, ficando assim habilitada a receber pessoas idosas, autónomas ou dependentes ou em situação de progressiva dependência.

Missão

Na Residência Amor de Deus temos como Missão principal oferecer uma habitação permanente a pessoas da terceira idade e brindar-lhes uma atenção integral e personalizada, adequada às suas necessidades físicas, psicossociais e espirituais, permitindo-lhes assim manter a conveniente qualidade de vida.  

Na Residência Amor de Deus também oferecemos a possibilidade de estadia temporária, com todos os serviços incluídos, para situações familiares que assim o requeiram ou para casos de recuperação, física ou psicológica, em períodos de episódios agudos de saúde.

Segundo o Carisma recebido do Padre Usera, na Residência Amor de Deus respira-se um ambiente familiar, de carinho, proximidade, conforto e amor, que permite às pessoas residentes integrar as suas limitações com serenidade, experimentando esta etapa de vida como tempo de plenitude.

Fomentamos nas pessoas residentes a ideia de viver com dignidade sendo participantes do seu próprio bem-estar, para o que se incentiva a sua colaboração nas ações da vida diária e promovemos a sua participação nas diversas atividades.

Visão

A Residência Sénior Amor de Deus abriu as suas portas em abril de 2014 com grandes sonhos para o futuro!…

Pretendemos:

  • Manter a especificidade que nos carateriza a partir do Carisma institucional, com um estilo próprio que encha da experiência gozosa do amor gratuito de Deus, tanto a vida das pessoas residentes como de todos os colaboradores, dos familiares e de quantos nos visitam.

  • Aliar qualidade e profissionalismo técnico à vida simples do dia-a-dia no seio da nova família da Residência, proporcionando uma envolvência integral que dê resposta às múltiplas necessidades da pessoa como ser biopsicossocial e espiritual.

  • Dinamizar regularmente ações de formação para todos funcionários sobre as diversas problemáticas da pessoa idosa e com orientações em relação ao estilo da Congregação Amor de Deus, porque o cuidar é uma tarefa exigente e servir as pessoas residentes na sua fragilidade é um desafio contínuo.

  • Potenciar a relação com as famílias, para além dos encontros informais, avançar com realizações nas quais possam oferecer as suas propostas, colaborar na avaliação do desempenho da Residência e sentirem-se também protagonistas na atenção aos seus familiares residentes.

Valores

Na Residência Amor de Deus estão presentes critérios de atuação que são irrenunciáveis:

  • A dignidade de cada pessoa residente: respeito e valorização das caraterísticas pessoais, acolhimento da sua experiência de vida.

  • Um tratamento cálido, de qualidade e personalizado, de acordo com a situação concreta de cada pessoa residente.

  • Independência e liberdade pessoais: respeito pela autonomia de cada pessoa residente, pela sua individualidade, a privacidade, a intimidade e a livre expressão de opinião.

  • Vivência positiva do processo de envelhecimento: contribuição para que esta etapa da vida seja vivida com paz e felicidade.

  • Desenvolvimento de sentimentos de autoestima, serenidade, segurança e pertença.

  • Promoção e animação das relações e a interação entre as pessoas residentes e entre estas e os próprios familiares e/ou amigos.

  • Construção contínua da Residência como a casa de cada uma das pessoas residentes e, ao mesmo tempo, a casa comum onde todos se sentem em família.

  • Valorização do trabalho de cada colaborador como indispensável para alcançar juntos os objetivos propostos.

  • Relação cordial com os familiares das pessoas residentes, procurando juntos o seu maior bem-estar biopsicossocial.

Documentos

Back To Top